Começaram as obras!

obras!

 

Decurso das obras:

Iniciámos o aproveitamento de dois espaços da nova sede que não estavam ainda concluídos.

Trata-se de duas salas multiusos que poderão ser utilizadas para fins administrativos, reuniões, cursos, estudo e/ou outras actividades futuras.

A estrutura das paredes, portas e janelas já está concluida. Para visualizar as fotografias clique aqui. Temos mais novidades para breve. Acompanhe.

Desejamos um bom verão para todos!

P’la Nova Comissão Directiva
Carlos Cavaco
(Secretário)

 

Brasil vs Alemanha (08/07/2014)

bras_dui

«Alemanha é a única seleção nas meias-finais que joga bom futebol» – Cruyff

Das quatros seleções envolvidas nas meias-finais do Mundial, Johan Cruyff diz que a Alemanha é a única que tem apresentado futebol de qualidade nos relvados brasileiros.

«Em nome do futebol, espero que seja a Alemanha a seguir em frente, já que é o único dos semifinalistas que joga bom futebol», escreveu o holandês na coluna que assina no diário De Telegraaf, destacando um jogador em particular na seleção germânica:

«Gosto de ver sobretudo Toni Kroos. Faz tudo bem, tem um domínio de bola quase perfeito».

«É um pecado que países como Brasil e Argentina aproveitem tão pouco o seu talento», lamentou.

Brasil-Alemanha e Holanda-Argentina são os confrontos das meias-finais do Mundial.

fonte: abola.pt

Portugal vs Gana (26/06/2014)

port_ghana

<<Vamos fazer o nosso trabalho, representar bem as nossas cores>>

João Pereira, jogador de Portugal, entende que só um «milagre» pode colocar a equipa das quinas nos oitavos de final do Mundial. Ainda assim, o internacional português assume que o grupo vai assumir as responsabilidades no fim da competição.

«Enquanto for matematicamente possível temos de acreditar. Sabemos que será preciso uma conjugação de resultados, que não são fáceis de alcançar. É preciso quase um milagre, mas temos de nos agarrar na réstia de esperança. Vamos fazer o nosso trabalho, representar bem as nossas cores e garantir a vitória. Depois, vamos esperar o que vai acontecer no outro jogo», garantiu João Pereira em conferência de imprensa.

«Depois do jogo com o Gana todos os jogadores vão estar cá para dar a cara e ninguém se vai esconder», disse.

O defesa português assumiu ainda que o plantel não tem explicação para o que aconteceu.

«Tínhamos a responsabilidade e o dever de derrotar os Estados Unidos. Ninguém está mais triste do que nós, porque vivemos em primeira mão o que tem acontecido. Não pensávamos que iríamos perder por 4×0 frente à Alemanha e que iríamos empatar frente aos Estados Unidos. São coisas sem explicação», acrescentou.
fonte: http://www.zerozero.pt/noticia.php?id=139321

Estados Unidos vs Portugal (22/06/2014)

 

usa vs port

 

Mundial-2014: Portugal prepara jogo com os Estados Unidos desfalcado.

Uma desfalcada seleção portuguesa de futebol, sem Fábio Coentrão, já dispensado, Rui Patrício e Hugo Almeida, prosseguiu hoje a preparação para o decisivo jogo de domingo com os Estados Unidos, da segunda jornada do Grupo G do Mundial2014.

Os 20 convocados que restam ao selecionador Paulo Bento, do lote inicial de 23 convocados, trabalhou sem limitações, pelo menos durante os 15 minutos da sessão, realizada no campo de treinos da Ponte Preta, em Campinas, os únicos em que foi autorizada a presença de órgãos de comunicação social.

As ausências no treino de hoje foram o resultado das lesões sofridas pelos jogadores lusos no encontro de estreia no torneio, no qual a equipa das quinas foi goleada por 4-0 pela Alemanha, a mais grave das quais afetou o defesa Fábio Coentrão, que sofreu uma lesão muscular na coxa direita e já está viajou para Portugal.

A situação clínica do guarda-redes Rui Patrício e do avançado Hugo Almeida, ambos a recuperarem de lesões musculares na coxa esquerda, é menos grave, mas Paulo Bento já sabe que não poderá contar até ao fim da fase de grupos com os dois jogadores, que se limitaram a assistir ao apronto.

O central Pepe trabalhou sem limitações, mas também está impedido de defrontar os Estados Unidos, por ter sido expulso no jogo com a Alemanha, tendo sido possível observar, durante o curto período aberto aos jornalistas, que aposta para as ausências na defesa pode recair no guarda-redes Beto e em André Almeida e Ricardo Costa.

Após o treino, o médio Miguel Veloso vai falar em conferência de imprensa e a seleção portuguesa regressa ao trabalho na sexta-feira, em mais um treino com início às 10:00 horas (14:00 em Lisboa), seguido de conferência de imprensa de um dos jogadores convocados.

A comitiva lusa parte de Campinas às 17:30 horas (21:30 em Lisboa), em direção a Manaus, onde no domingo Portugal defronta a seleção norte-americana, no estado Arena Amazónia, em jogo com início às 18:00 horas (23:00 em Lisboa).

A seleção portuguesa, última classificada do Grupo G, encerra a participação na primeira fase do Mundial2014 a 26 de junho, no Estádio Nacional, em Brasília, frente ao Gana, que perdeu na estreia com os Estados Unidos, por 2-1.

fonte: futebol365.pt

Futebol na APA

Venha torcer por Portugal na Associação Portuguesa de Amesterdão.
Todos os jogos em directo a partir de 12 de Junho.

Entre os dias de 12 de junho e 13 de julho, a APA, vai ser a melhor tribuna para assistir aos jogos do Campeonato do Mundo. A APA dispõe de uma sala própria com um ecrã gigante para assistir a todos os jogos do Mundial de 2014.

Traga alegria, que nós tratamos da comida e da bebida.

Alemanha vs Portugal (16/06/2014)

Almanha vs Portugal

Pauleta acredita na vitória de Portugal frente a Alemanha

O ex-internacional português Pauleta afirmou hoje que acredita que a seleção portuguesa de futebol vai fazer um bom Mundial2014 e entrar com o pé direito, face à Alemanha, mostrando-se também feliz com a recuperação de Cristiano Ronaldo.

“É sempre importante ganhar o último jogo antes de começar uma prova como o Mundial. A seleção está confiante e eu acredito que vamos fazer um bom Mundial e entrar com o pé direito já com a Alemanha”, disse, à margem da apresentação do Torneio Interassociações Lopes da Silva sub-14, que decorreu em Almada.

O atual diretor da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para gostou da exibição da equipa orientada por Paulo Bento frente à República da Irlanda (5-1), na última madrugada, mas salientou que o mais importante é ter todos os jogadores disponíveis.

“A equipa está a preparar-se para o primeiro jogo e não éramos tao maus contra a Grécia, nem tao bons por ganhar 5-1. Neste jogo, já se viram alguns jogadores que recuperaram de lesão, como o Cristiano (Ronaldo), e nesta altura o mais importante é ter os 23 disponíveis”, defendeu.

Pauleta afirmou que o regresso de Cristiano Ronaldo à competição, depois de uma paragem devido a problemas físicos, é motivo de grande satisfação.

“Estamos conscientes de que temos o melhor que há no mundo e é óbvio que nos faz falta e queremos que jogue. Trabalhou muito na sua recuperação e ficamos satisfeitos de ver o nosso melhor jogador em condições de ajudar a seleção, que é o que todos queremos”, frisou.

Para o primeiro jogo no Mundial do Brasil, marcado para segunda-feira, o adversário é a Alemanha, com o antigo avançado, autor de 47 golos pela seleção principal, a referir que a equipa pode fazer um bom resultado.

“É um jogo bastante difícil, mas já temos uma seleção reconhecida a nível mundial e têm respeito por nós. Vai ser um jogo equilibrado, apesar de a Alemanha ser uma equipa bastante poderosa e com muitas soluções, mas Portugal pode fazer um bom jogo”, defendeu.

Pauleta lembrou depois as três vezes que defrontou a Alemanha, vencendo uma e perdendo duas. A última (1-3 no Mundial2006, em solo germânico) no jogo de apuramento do terceiro posto) marcou a sua despedida da seleção.

“No primeiro, perdemos a oportunidade de estar no Mundial de França (1998) com a expulsão injusta do Rui Costa. A segunda foi na vitória por 3-0 na Holanda (Euro2000) e a terceira, a mais triste, foi uma derrota e a minha despedida na seleção”, lembrou.

Pauleta, que destacou a competitividade existente entre os três avançados da seleção em busca de um lugar, referiu que, em condições normais, a seleção precisa de vencer dois jogos para seguir em frente na prova.

“Existem três jogos e, normalmente, é preciso ganhar dois. Vamos tentar ganhar já o primeiro, mas, se as coisas não correrem bem, ainda faltam dois jogos para garantir um lugar na fase seguinte”, concluiu.

fonte: sapo.pt